sábado, 25 de outubro de 2008

Aquela poesia doída de tão primária.


Sou Palloma Soares e estou invadindo o blog do Lucas. Na verdade, este é o meu emprego: ajudá-lo com as postagens. Não necessariamente com poesias - porque, diferentemente do blogueiro, eu não sou tão boa com elas. E, para iniciar as minhas postagens por aqui e não sair do intuito do blog, eu vou começar com uma poesia. Ou seja, vocês ler agora o tipo de texto que eu escrevo e, automaticamente, escondo até de mim mesma. Espero que gostem ou, pelo menos, não joguem pedras virtuais nele. Relevem minhas rimas inexistentes e meus versos sem peculiaridades.



A menina bonita sorria medrosa
e sonhava com um amor-ponta-de-estoque.
Escrevia, cantando, os nomes de planetas
num gesso frio e branco preso ao braço.
Prendia canudos coloridos entre os dedos
e escolhia no silêncio nomes para os filhos.
Cantava, tão calma, uma cantiga de roda,
mas sozinha, tadinha, não podia dançar.
Era amiga do Sol e da Lua e por isso
deixava a janela aberta para a luz entrar.
Palloma Soares.

:)

11 Comentários:

Pedro Witchs disse...

Palloma,
É impossível não ler o que tu escreve e não lembrar de ti.
Com certeza, se tu fosses uma escritora anônima ou usasse pseudônimos, tuas palavras - simplistas e refinadas ao mesmo tempo - denunciariam a verdadeira identidade da autora.
Parabéns pela estréia neste blog. Não duvido que lerei muitos outros poemas teus por aqui...
Beijos!

P.S.: obrigado pela referência em LIBRAS no texto de apresentação. A comunidade surda agradece a homenagem ^^

Lusca Fusca disse...

simples, doce, fofo..
parece aquelas músicas que te fazem levitar.


lindão

Lilly disse...

"amor-ponta-de-estoque"...minha Clarice.
Eu ja fui essa garota.
Você me entende?
Minha menina linda e encantadora,que me faz bem com as palavras.
Posso dançar com você,minha amiga?
Adoro demais.

Camila Cacau disse...

Menina doce,palavras doces *-*

Apareça mais vezes aqui,Pah ^^

Amei o seu jeito fofo de escrever!

Beijãooo menina fofa e pro meu irmãozinho ;*

Sarah St. disse...

repetitiva, tá? me perdoe...

mas realmente é marcante... suas palavras lhe denunciam mesmo, sinto que leio vc, Pahzénha, vc menina. Isso só confirma sua beleza, sua graça..^^

o lusca fusca tb disse tudo. é de colorir os sonhos...


mas um "prus" favoritos...

[mas eu quero mesmo é essa boneca aí da foto... adivinha o nome que eu ia colocar nela? ;D]

Br.Bozo disse...

Pah...

Palavras que me fazem
Pensar...

Continue escrevendo
Pq a Senhorita escreve bem sim

muni disse...

nem te conto que eu A-D-O-R-E-I....

Karla disse...

Mas que linda poesia... Transmite tanta leveza, tanta pureza... Ficou realmente linda!Espero poder ver outras poesias da Palloma por aqui. :)
beiiijo.

Alberto Fernandes disse...

simples, doce, fofo..
parece aquelas músicas que te fazem levitar.
[2]

não esconda suas poesias, espero ler mais delas...

Carol_CRC disse...

Saudades daqui!
Essas palavras me soam familiares.
Beijos!

DiRenan disse...

Palavras especias,
que nos marcam, como a suavidade de teus cachos,
a firmeza de tua voz e esse sorriso que cala-nos, e nos faz também sorrir.
Contentamento ler-te, só não maior que te ver...

Saudades.

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO